wrapper

A ex-aprendiz Estefânia Bárbara de Oliveira foi uma dentre os 23 brasileiros selecionados para participar do evento ao lado de jovens do mundo inteiro

Por Andressa Guimarães

Estefânia Bárbara de Oliveira, jovem de 22 anos, foi aprendiz do Programa Educação & Trabalho (PET) no período de outubro de 2012 a setembro de 2013. Atualmente, ela é estudante de Engenharia de Produção Civil no CEFET/MG e foi uma das selecionadas para representar o Brasil na 23ª Assembleia da Juventude da Organização das Nações Unidas (ONU), evento realizado de 14 a 18 de fevereiro, na cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos.
Desde 2002, a Friendship Ambassadors Foundation (FAF) organiza, com apoio da ONU, a Assembleia da Juventude, uma plataforma criada para elevar as vozes de jovens de todo o mundo em diálogos internacionais sobre os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, que devem ser implementados por todos os países do mundo até 2030. Durante o evento, esses jovens de diversos países participam de painéis e workshops conduzidos por profissionais internacionais representantes da ONU, do governo, da academia, do setor privado e social, com o objetivo de convidar os jovens a interagir, compartilhando a realidade de seus respectivos países, expondo problemas, soluções e principalmente, ideias para resolver os maiores desafios do planeta.

Confira agora o relato de Estefânia sobre como o PET promoveu, em sua vida, a transformação de vulnerabilidade em protagonismo e a ajudou a chegar aonde chegou: a Nova Iorque. Além disso, ela conta ainda como foi a experiência de participar de um evento da ONU, oportunidade essa concedida pela Fundação CDL Pró-Criança.

Conheci a Fundação CDL por intermédio da minha irmã, que foi jovem aprendiz do Programa Educação & Trabalho (PET). Por indicação dela, me inscrevi no Programa e logo me tornei aprendiz. Consegui meu primeiro emprego e adquiri inúmeras experiências e aprendizados que foram imprescindíveis para que eu chegasse aonde já cheguei. Eles despertaram em mim o desejo de fazer a diferença na minha geração.

Sempre estudei em escola pública e desde bem jovem tento trilhar meu caminho em busca do conhecimento. Depois de concluir o Ensino Médio, foi com muito esforço que fui recompensada com uma bolsa integral no Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG), onde atualmente estudo Engenharia de Produção Civil e, na faculdade, eu fui uma dentre os 12 jovens brasileiros selecionados para participarem do programa LinkedIn Campus Editor. O programa, voltado para estudantes universitários de graduação, tem como objetivo estimular publicações na rede social e transformar alunos em embaixadores do LinkedIn.

No final de 2018, fui selecionada para fazer parte da delegação brasileira na 23ª Edição da Assembleia da Juventude, evento promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque (EUA). Porém, eu e minha família não tínhamos condições de arcar com os custos da viagem e eu prontamente me lembrei da Fundação CDL Pró-Criança, que tanto já havia me ajudado e contribuído para mudar a minha vida. Assim, por meio do patrocínio da Fundação CDL, que arcou com os custos com passagens e hospedagem, eu tive essa oportunidade maravilhosa de participar de uma das maiores reuniões de jovens de todo o mundo. Nessa edição, foram representados 93 países e nós nos reunimos para entender e discutir os diferentes problemas que são enfrentados em todo o mundo. Além disso, esse momento me proporcionou um contato com jovens de inúmeros países e diversas culturas, jovens esses que, assim como eu, estão buscando encontrar soluções e entenderam que, para a mudança acontecer, é necessário começarmos onde estamos.

Representar o meu país e a Fundação CDL na ONU, e em uma das cidades mais importantes do mundo, foi uma grande honra para mim. Algo realmente inesquecível em minha vida”.
Last modified on Sexta, 01 Março 2019

Conheça a Fundação CDL

A História da Fundação CDL Pró-Criança começou em 1986, com a iniciativa de empresários do comércio, ligados à CDL/BH que resolveram se mobilizar em torno dos problemas que afetavam a vida das crianças de Belo Horizonte.

A entidade cumpre sua missão de levar igualdade de oportunidades às pessoas e contribuir para a construção de um futuro melhor, fortalecendo e exercendo a cidadania.

FCDL News

Dê a um jovem o seu primeiro emprego!
15, 16 e 17 de setembro, a partir das 9 horas
Contrate estagiários por intermédio da Fundação ...