wrapper

Por Andressa Guimarães

No dia 12 de dezembro, aproximadamente 550 aprendizes do Programa Educação & Trabalho (PET) participaram do evento no Centro de Referência da Juventude (CRJ) com a professora e palestrante Lívia Horta. Co-fundadora da ATREVA-TE, uma empresa de treinamentos, workshops, palestras e consultoria em comunicação e gestão de pessoas que busca, de forma personalizada, trabalhar a vivência de seus participantes trazendo conteúdo, técnica e emoção. Além disso, ela também é professora de pós-graduação na Uni-BH e no Centro Universitário UNA.
Apaixonada por gente, inovação, estratégia e desenho de soluções, Lívia levou para os jovens ensinamentos acerca do potencial criativo e do pensamento transformador, com foco nas pessoas, para impactar os negócios e o mundo das organizações. Ela chamou a atenção dos aprendizes para o fato de que eles precisam estar preparados para quando uma oportunidade aparecer. Mas também precisam ser “cara de pau” para, muitas vezes, fazer essa oportunidade acontecer. Precisam ser ousados para pedir uma chance a alguém e mostrar o seu valor.

Além disso, ela ensinou aos jovens as “competências do século XXI”, entre as quais estão a habilidade de propor soluções para problemas complexos; a postura de ter sempre um pensamento crítico, especialmente no que tange às “fake news”, pois é preciso estar atento e ter cuidado de não acreditar em tudo que se recebe por meio da internet, sempre questionando e buscando uma fonte segura para tal assunto; a criatividade e a inovação, que é o famoso conceito do “pensar fora da caixa”, destacando a necessidade de que os jovens busquem novos caminhos e possibilidades, para que, dessa forma, sejam profissionais diferenciados e alcancem efetivamente seus objetivos profissionais e pessoais.

Ainda tratando sobre as “competências”, ela falou sobre a habilidade de gerir pessoas, buscando sempre ter empatia pelos outros; a inteligência emocional e a habilidade para tomada de decisão e gestão de crises, seja em âmbito pessoal ou profissional, pois as crises são algo constante e inevitável até mesmo nas situações cotidianas; entre outros conceitos abordados. Ademais, a palestrante sugeriu aos jovens buscarem vivenciar o conceito da hashtag ‘cola em quem te inspira’, que significa sempre se espelhar e se inspirar naquelas pessoas que dão exemplos dignos de admiração. Por fim, ela chama a atenção para a palavra “comprometimento”, pois, segundo ela “meio termo é medíocre. Ou você faz algo, ou não faz. Mas, se fizer, então que faça bem feito, pois comprometimento é a palavra do momento. Então, por exemplo, todos devemos sempre buscar atender, com a mesma atenção e com o mesmo comprometimento, tanto aquele que paga mil como aquele que paga zero. E isso se aplica em todas as áreas da nossa vida”, conclui.
Last modified on Quinta, 13 Dezembro 2018

Conheça a Fundação CDL

A História da Fundação CDL Pró-Criança começou em 1986, com a iniciativa de empresários do comércio, ligados à CDL/BH que resolveram se mobilizar em torno dos problemas que afetavam a vida das crianças de Belo Horizonte.

A entidade cumpre sua missão de levar igualdade de oportunidades às pessoas e contribuir para a construção de um futuro melhor, fortalecendo e exercendo a cidadania.

FCDL News

Dê a um jovem o seu primeiro emprego!
15, 16 e 17 de setembro, a partir das 9 horas
Contrate estagiários por intermédio da Fundação ...