wrapper

Por Andressa Guimarães

Por meio de parceria firmada com a empresa Rubim Produções, produtora cultural do projeto ''Teatro em Movimento'', a Fundação CDL Pró-Criança repassou cerca de 15 cortesias para adolescentes residentes em instituições de acolhimento (locais onde residem crianças e adolescentes retirados do convívio familiar por determinação do Poder Judiciário). As casas contempladas foram a Casa Nosso Lar Ijuci e Casa Esperança III. Os jovens tiveram oportunidade de assistir à peça "Fulaninha e Dona Coisa”, estrelado por Nathalia Dill e Vilma Mello. O espetáculo foi exibido no teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube, nos dias 24 e 25 de novembro.
A peça conta a história de Fulaninha, uma jovem com a cabeça cheia de sonhos que sai do interior para trabalhar como empregada doméstica na cidade grande. Dona Coisa é uma mulher moderna e independente, mas que esquece que a empregada é, antes de tudo, um ser humano. O encontro entre as duas mostra as dificuldades da relação e da convivência diária entre patroa e empregada na década de 1980, época em que essa categoria não possuía direitos trabalhistas. O espetáculo é uma oportunidade para discutir, de forma bem-humorada, a transformação nos direitos trabalhistas dos empregados domésticos.

Conheça a Fundação CDL

A História da Fundação CDL Pró-Criança começou em 1986, com a iniciativa de empresários do comércio, ligados à CDL/BH que resolveram se mobilizar em torno dos problemas que afetavam a vida das crianças de Belo Horizonte.

A entidade cumpre sua missão de levar igualdade de oportunidades às pessoas e contribuir para a construção de um futuro melhor, fortalecendo e exercendo a cidadania.

FCDL News

Dê a um jovem o seu primeiro emprego!
15, 16 e 17 de setembro, a partir das 9 horas
Contrate estagiários por intermédio da Fundação ...